apagao_caico_10demarco

Toda a verdade sobre o apagão que durou mais de 17 horas em Caicó

Em Caicó por RedaçãoDeixe um comentário

Os caicoenses viveram momentos de tensão nesta terça-feira, 10 de Março, tudo por causa de um apagão que mobilizou toda a cidade e região agindo por mais de 17 horas, a começar pela madrugada, mais precisamente às 4 horas. A energia elétrica voltou somente à noite, por volta das 21 horas e 40 minutos da noite desta terça-feira.

A Cosern informou que a interrupção no fornecimento de energia elétrica atingiu ainda os municípios de São João do Sabugi, Ipueiras e São Fernando e foi ocasionada por um defeito em um equipamento da Subestação Caicó. O transformador foi avariado. Às 07h10 foi iniciada a recomposição do sistema e normalizado o fornecimento às unidades consumidoras dos municípios de São João do Sabugi, Ipueiras e São Fernando e parte do município de Caicó, correspondendo a 30% das cargas.

Alguns bairros de Caicó, especificamente os da zona norte, tiveram a energia restabelecida como foi o caso do Serrote Branco, Samanaú e Nova Caicó. Por volta das 17h10, as equipes trabalhavam e empreendiam todos os esforços para restabelecer o fornecimento.  Uma subestação móvel foi deslocada de Natal para Caicó para suprir as cargas até a conclusão dos serviços. A causa da interrupção ainda está sendo apurada.

 

- “A Cosern foi inoperante e deveria ter tratado o consumidor com mais respeito”, afirma consumidor

Clécio Quéo

O pequeno comerciante, Clécio Quéo, morador da Rua Santa Luzia, no Bairro Boa Passagem. À jornalista Gláucia Lima, ele revelou que a Cosern não deu ainda uma resposta convincente sobre o ocorrido e que deveria ter tratado o consumidor caicoense com mais respeito.

“Um verdadeiro transtorno já que todos nós, pequenos ou grandes comerciantes, dependemos de energia. A cidade ficou parada e há uma perda muito grande. Ainda não contabilizei meu prejuízo, mas estarei analisando tudo e irei fazer uma ação coletiva com outros colegas. Sou pequeno comerciante, mas não ficarei inerte. A Cosern foi inoperante porque deveria ter mais respeito e ter tratado com mais agilidade, afinal, a cidade gira em torno de energia”, conclui.

 

- Empresários e Comerciantes irão acionar a justiça para recuperar prejuízos

Em nota enviada pela Indústria de Sorvetes Slup através dos proprietários, Cleide Nogueira e Leandro Dantas, confirmam que a empresa está tomando as providências cabíveis para reparar os danos causados pelo apagão ocorrido em Caicó nesta terça-feira, 10.

A empresa informa aos revendedores que reservem seus produtos danificados,  pois uma equipe fará o recolhimento. A Slup orienta aos consumidores que qualquer mudança na qualidade dos sorvetes ou picolés está relacionada a falta de energia que durou quase 18 horas.

 

Fotos de Gláucia Lima / Com informações de Sidney Silva

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
RedaçãoToda a verdade sobre o apagão que durou mais de 17 horas em Caicó