aimprensanafestadesantana_capa

Os repórteres de Sant’Ana, levando a Festa até você

Em Caicó, Histórias por RedaçãoDeixe um comentário

Toda Festa de Sant’Ana é assim: começou o mês de julho, as músicas características dessa época já começam a ser entoadas nas rádios da cidade, os principais personagens, seja da parte religiosa ou social, são entrevistados quase que diariamente, e a maior cobertura é disputada por muitos profissionais. Mas quem são estes?

Sempre donos da pauta, nunca protagonistas dela, os jornalistas e radialistas são o tema de mais uma matéria da Collecione sobre os personagens da Festa, e não tenha dúvidas, se temos hoje a maior Festa de Sant’Ana do Brasil, a imprensa tem uma parcela significativa de contribuição nessa conquista. Mas esse trabalho não é fácil. “A gente sacrifica a nossa Festa para levar a informação pras pessoas”, afirma Marcos Dantas, radialista que ingressou na profissão ainda adolescente, na difusora da igreja matriz de Jardim do Seridó, e hoje trabalha no Sistema Rural de Comunicação.

aimprensanafestadesantana_02

Além do sacrifício pessoal, ainda é preciso desdobrar-se profissionalmente. “Mesmo com a cobertura da Festa, temos que fazer a pauta do nosso programa, da programação diária da Rádio, então precisa dedicar muito mais tempo do nosso dia”, continua Marcos, que se orgulha do que faz: “sem a experiência da Festa de Sant’Ana, faltaria um pedaço de mim. Fico muito gratificado quando alguém diz ‘Eu me sinto na Festa ouvindo o trabalho de vocês’”, destaca.

Willacy Dantas, repórter da Rádio 106 FM, reconhece a importância dos festejos: “Se hoje a imprensa de Caicó é referência em credibilidade em todo o Rio Grande do Norte, parte disso se deve a Festa de Sant’Ana”. Contudo, ele também tem consciência do bom serviço que presta. “Tudo começa a partir da imprensa: as músicas tocadas nas Rádios, os eventos festivos divulgados maciçamente, o comércio voltado a vivenciar o sentido da Festa, enfim, um conjunto de ações iniciadas bem antes da abertura oficial”, conclui.

aimprensanafestadesantana_01

Seja falada ou escrita, a informação de todos os acontecimentos dos festejos da nossa padroeira só chega até a sua casa porque, antes dela, algum profissional dedicado pensou em você, e nós, que também nos orgulhamos de informar os devotos de Sant’Ana, trouxemos alguns dos personagens esquecidos por muitos. Já dizia um pensador: “Quando a imprensa não fala, o povo é que não fala. Não se cala a imprensa, cala-se o povo”.

Por: Augusto Maia

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
RedaçãoOs repórteres de Sant’Ana, levando a Festa até você